Redação

15 artigos

O Lápis Azul da Nova Proibição

Apesar de décadas terem se passado desde o fim do Estado Novo, as marcas deixadas pelo Lápis Azul ainda podem ser sentidas no jornalismo do Alto-Minho. Embora não haja mais censores a riscar palavras com tinta, seja qual cor seja, a censura persiste das formas mais subtis e insidiosas. Os jornalistas enfrentam pressões e ameaças para não reportar certas histórias, não investigar certos assuntos e não criticar certos poderes estabelecidos.
Ler mais