A [R]evolução dos supermercados chegou a Melgaço: Coca e Continente abrem durante o primeiro semestre de 2024

Avatar photo


Publicidade

Primeiro, o Coca Hipermercados: A marca sediada em Monção, criada no início dos anos 90 do século 20, tinha iniciado há alguns anos o processo de compra de terrenos e licenciamento firma agora, com o início dos trabalhos no terreno, a intenção de que já demos nota na edição impressa deste jornal, em 2021.

Ao jornal “A Voz de Melgaço”, João Vale, gerente do grupo Coca Hipermercados, manifestou a intenção de abrir o novo hiper, com uma área de implantação de cerca de 1800 metros quadrados, no início de 2024.

Também a este jornal, o presidente da Câmara Municipal de Melgaço, Manoel Batista, diz que o processo de licenciamento foi resolvido e acompanhado “ao mais alto nível” pela autarquia e equipa técnica para que a fase de implantação pudesse acontecer.

“Procuramos não só resolver com a maior celeridade o projecto, como acompanhar os investidores junto das entidades que tem de dar pareceres. Tudo foi resolvido de forma rápida, mas neste processo houve, após o início da guerra, alguma dificuldade por parte dos empresários em encontrarem empresas com disponibilidade para arrancar com a obra”, adianta Manoel Batista.

 “Temos tido uma capacidade de licenciamentos acima da média”, garante o autarca, assumindo neste projecto ter acompanhado o processo, a par da equipa técnica, para que se conseguisse com rapidez “as autorizações necessárias para que o processo avançasse”.

“Está a avançar, estamos felizes e é importante que o território tenha essa oferta”, frisou ainda o edil.

Continente entra na corrida com terreno de 6000 metros quadrados

A retalhista do Grupo Sonae era também uma hipótese comentada em conversas de café, mas o espaço de instalação não era ainda conhecido.

A escolha terá recaído numa parcela próximo do centro urbano, junto à rotunda que dá acesso à Vila de Melgaço, Prado e permite continuar na Variante à Nacional 202 em direção a São Gregório (ver imagem), permitindo ao retalhista Sonae MC desenhar a sua unidade sobre uma área de terreno de 6000 metros quadrados, com uma área de implantação de “mais de 3000 metros quadrados”. “Será um espaço de dimensão considerável”, adianta Manoel Batista.


O autarca avança ainda que a empresa “já comprou terreno e já fez chegar um pedido de licenciamento da parte da arquitetura. As coisas estão a andar e acreditamos que este ano arrancará a obra
para, no próximo ano, em finais do primeiro semestre, esteja a abrir mais essa loja”.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigo Anterior

Termas de Melgaço Classic Festival: Um desfile de classe a que nem Fangio faltaria!

Artigo Seguinte

Pedro Adão e Silva vem a Melgaço inaugurar “um novo rosto” da igreja de Paderne no dia 11 de Julho

Pode também ler

Alta Tensão: Trabalhos de instalação do troço “Ponte de Lima-Fontefría” a 400kV iniciam no 2º semestre de 2024

Aos proprietários de terrenos que se encontrem na área de passagem (e se segurança) da LAT, o aviso da DGEG esclarece que “poderão acompanhar os trabalhos e poderão proceder a remoção do material lenhoso com valor comercial resultante das ações de criação da zona de proteção, até 15 dias após a intervenção”, sendo que, findo este prazo, o material resultante será “estilhado no local ou removido e encaminhado para locais próprios”.
Avatar photo
Ler mais