Presidente da CCDR-N vem a Melgaço conhecer projectos de Investigação NUTRIR no dia 14 de Junho

Avatar photo


Publicidade

Sessão dedicada ao tema “PENSAR O FUTURO DO TERRITÓRIO DO ALTO MINHO” decorrerá nas Termas de Melgaço

O NUTRIR, Núcleo Tecnológico para a Sustentabilidade Agroalimentar do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, vai realizar, no próximo dia 14 de junho, nas Termas do Peso, em Melgaço, a Conferência ‘Nutrir Território’. Este encontro pretende explorar como uma abordagem centrada nos ativos e recursos locais – sobre os quais se produz conhecimento (I&T) – pode contribuir para a criação de melhores condições de vida para as comunidades rurais.

A Conferência, que contará com a presença de investigadores, pensadores e decisores de diferentes origens e competências, irá apresentar os três anos de trabalho realizado pelo Nutrir, assim como definir caminhos, perspetivar estratégias e, em conjunto, pensar num futuro de inovação para o Alto Minho. 

As zonas rurais europeias são física, social e culturalmente diversas. A maioria confronta-se com desafios semelhantes, sobretudo com o despovoamento, o envelhecimento e os elevados custos da prestação de serviços públicos.  A (agro)biodiversidade perde-se, o património cultural desaparece, os bens públicos ambientais são postos em causa e surgem novos desafios associados a políticas setoriais. O Alto Minho não é exceção.

O NUTRIR, Núcleo Tecnológico para a Sustentabilidade Agroalimentar do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, é um projeto de transferência de conhecimento na área do agroalimentar, que se preocupa com o desenvolvimento do território do Alto Minho, região de enorme riqueza e diversidade paisagística, mas carente de mais inovação, em particular no setor primário.

Este núcleo definiu três áreas prioritárias de intervenção (Território, Viticultura e Recursos Animais) e, ao longo de três anos, em conjunto com diversos agentes particularmente do território, estudou, valorizou e caracterizou recursos, importantes para a dinâmica do conhecimento e do valor da região.

PROGRAMA

9:00 | Check-in
9:30 | Sessão de abertura
Manoel Batista, Presidente da Câmara Municipal de Melgaço
Nuno V. Brito, Coordenador do NUTRIR, CISAS-IPVC

9:45 | Master Class
Inovação e Cooperação Transfronteiriça (15’)
Javier Rodriguez – Universidade de Vigo, Espanha

10h00 | Sistemas Agroalimentares
Master Class (30´)
Ecossistema agroalimentar, gestão ativa do território e desenvolvimento regional | António Fontaínhas Fernandes – Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Portugal

Palestras (15’)
Interação empresa-sistema ID: apoio do NUTRIR na saúde animal | Lourenço Fernandes – ZOOPAN, Saúde e Nutrição Animal, Portugal

Projeto Interior+ uma proposta para contrariar os efeitos de um território de baixa densidade | Teresa Paiva – Instituto Politécnico da Guarda, Portugal

11:15 Pausa café (posters)

11:40 Paisagem Sustentável
Master Class (30´)
LIFE in Common Land: contribuição dos sistemas de pagamento por resultados de conservação de habitats para a manutenção de sistemas agroalimentares em áreas de montanha | Emílio Diaz Universidade de Santiago de Compostela, Espanha

Palestras (15’)
Estratégia Regional para a Paisagem do Alto Minho – conservação e valorização do património natural | Bruno Caldas – CIM Alto Minho, Portugal
Be@t – Da natureza, de forma circular e sustentável, para as pessoas | Teresa L. Silva –  Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e Vestuário – CITEVE, Portugal

13:00 Almoço (posters)

14:30 Viticultura e Enologia
Master Class (30´)
Variedad Branco lexítimo: minoritaria y protagonista | Mar Vilanova – Instituto de Ciencias de la Vid y del Vino- ICVV, La Rioja, Espanha

Palestras (15’)
Castas minoritárias e tendências de futuro| Márcio Lopes – MLW, Portugal
Castas locais vs castas resistentes: um desafio para o território | Jorge Cunha – INIAV, Portugal

16:00 Fórum – Alto Minho: mais do que uma paisagem

Master Class (30´)
Serviços de ecossistemas para uma agricultura mais sustentável e socialmente responsável | Salustiano Mato, Universidade de Vigo, Espanha

Fórum: António Fontaínhas Fernandes, Célia Ramos, Eduardo Rosa, Emílio Diaz, Mar Vilanova, Nuno V. Brito e Salustiano Mato

17:30 Sessão de encerramento e Alvarinho de Honra
Carlos Rodrigues, Presidente do IPVC
António Cunha, Presidente da CCDR-N

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigo Anterior

Allvaredo Music Fest: No Dia da Criança, os adultos também podem brincar

Artigo Seguinte

A Revolução veio também com as Primeiras Vinhas, ou como a família Cerdeira transformou a paisagem

Pode também ler

Penso assina protocolo para parque fotovoltaico e assegura encaixe financeiro mínimo de 25 mil euros/ano (e máximos de 120M€)

O protocolo tem um período de vigência inicial de 25 anos e prevê a instalação de um Parque fotovoltaico de produção e armazenamento de energia solar destinada ao autoconsumo e às Comunidades de Energia Renovável; Mobilidade sustentável (elétrica e hidrogénio); cobertura de comunicação 5G e medidas ativas de prevenção e proteção contra incêndio
Avatar photo
Ler mais

Comédias do Minho trazem “Felizmente Sãozinha” a Melgaço entre os dias 9 e 12 de Novembro

"Numa emissora onde nem tudo corre pelo melhor, a radionovela Felizmente Sãozinha — salvaguarda da falência, que há mais de seis anos faz as delícias dos ouvintes — aproximase do seu último episódio. Atores e locutores discutem entre si o futuro da emissora, trazendo para cena a mecânica radiofónica, com todos os seus artifícios, recursos e métodos (...)
Avatar photo
Ler mais

Porte de Lamas de Mouro celebra 20 anos… e quer pôr-nos a andar, entre Maio e Setembro

A sessão de comemoração terá início pelas 10h00, no auditório da Porta de Lamas de Mouro. O programa contempla uma retrospectiva dos 20 anos da Porta, apresentação de projetos para este equipamento, da Rede Municipal de Percursos Pedestres e Cicláveis e do projeto “Descubra Melgaço a Palmilhar”.
Avatar photo
Ler mais