“É um verdadeiro escândalo!”: Esquire considera o Alvarinho Quinta do Regueiro Barricas “muito barato”

Avatar photo


Publicidade


A edição espanhola da revista Esquire dedicou um artigo ao Alvarinho Quinta de Regueiro Barricas, referindo-se à sua relação qualidade-preço como um “verdadeiro escândalo”, por estar a ser vendido tão barato (a menos de 20 euros) em comparação, por exemplo, com vinhos franceses.

O Alvarinho Quinta do Regueiro Barricas foi recomendado ao autor do artigo, Gustavo Higueruela, por Marc Pinto, considerado um dos melhores ‘sommeliers’ de Portugal, durante uma entrevista em que defendeu que os vinhos portugueses são geralmente “desvalorizados em comparação com outros, como os franceses, além de serem muito baratos”.

A Esquire descreve o Alvarinho branco nacional com “um vinho de corpo robusto, fresco e vibrante na boca…A complexidade dos seus sabores é como um labirinto de nuances, onde cada gole revela uma nova dimensão. Este vinho é uma viagem sensorial: desde a primeira impressão até ao final longo e persistente”, pode ler-se no artigo.

Este é um vinho fermentado a temperatura controlada, mantendo o respeito pelos métodos tradicionais. A fermentação é feita em barricas de 300 litros de carvalho francês, com estágio de oito meses, com Batonnage.

Pode ler o texto da Esquire Espanha na íntegra aqui.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigo Anterior

Atletas de Melgaço destacam-se em provas pelo país

Artigo Seguinte

Espumante Dona Paterna 100% Alvarinho de 2022 já está no mercado

Pode também ler

Um novo ‘capitão’ de Abril: Manuel Morais – a luta contra a extrema-direita e uma data de aniversário muito especial

"As pessoas deixaram-se envolver no discurso do ódio, expurgaram nele todas as frustrações. O senhor deputado André Ventura teve o mérito, conseguiu que o seu discurso seja o discurso padrão das forças de segurança e de uma substancial parte dos eleitores: A culpa dos males do mundo é dos negros, dos ciganos, dos imigrantes, e dos subsídio-dependentes"
Avatar photo
Ler mais